Semente de Chia – Como usar?

Bom diaaa!!!

Nativa do México e da Guatemala, a chia (Salvia hispanica l.), era um alimento de grande importância para astecas e maias. A planta também era utilizada em rituais religiosos, vistos como pagões pelos conquistadores espanhóis, que condenaram seu cultivo. O plantio só foi retomado com força nos anos de 1990, e desde então a espécie tem sido celebrada como a mais rica fonte vegetal de ômega-3. A chia se apresenta de 3 formas: Grãos (semente), farinha e óleo.

Benefícios🌱
Atua na prevenção e no controle de DOENÇAS CARDIOVASCULARES ❤ e colabora com a PERDA DE PESO. As versões em farinha e sementes também contribuem para o FUNCIONAMENTO DO INTESTINO.

Como funciona?
Além de ter grande concentração de ômega3, a chia fornece proteínas, fibras e antioxidantes. Esse conjunto de nutrientes combate radicais livres, tem ação anti-inflamatória, acelera o trânsito intestinal e regula a absorção de glicose, aumentando a saciedade.

Como usar?
Sementes: 1 colher de sopa ao dia

Farinha: 1 a 2 colheres de sopa ao dia, que podem ser distribuídas entre as principais refeições.

Óleo: 2 gramas ao dia

⚠ “A farinha e as sementes podem ser acrescentados a vitaminas, frutas, iogurtes, pães, saladas e outras receitas. As sementes devem ser evitadas por pacientes com diverticulite ou diverticulose, por correr o risco de se acumular nos divertículos”.

Sagu de chia proteico – clica aqui 👈🏼

Mousse funcional de uva com chia – clica aqui 👈🏼

 

Com carinho

https://nutrianapaula.com.br/wp-content/uploads/2018/01/omelete-com-farelo-de-aveia-1.jpg – Nutricionista Esportiva Funcional e Fitoterapia 🌿.

Não encontrou o que estava procurando? Busque no site

Crononutrição – O que comer no café da manhã?

Bom dia! 🔅 No post anterior (clica aqui) falávamos sobre a importância de se alimentar…

Milk Shake Pré ou Pós Treino

Bom dia!🌻 Essa receita pode ser consumida como um lanche da tarde, como um pré…

Razões não clássicas para a epidemia da obesidade

Bom dia!🔅 “Muito se sabe sobre as consequências da obesidade e pouco se sabe sobre…

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Chame no WhatsApp